Coluna Boa Terra (Por Valdemir Santana) - Edição do dia 12/12

Cortejo Afro faz enredo não autorizado sobre Caetano


Tribuna da Bahia, Salvador
12/12/2017 13:01 | Atualizado há 21 horas e 11 minutos

   
Foto: Reprodução

O mais instigante e sutil carnavalesco da Bahia, o designer Alberto Pitta cansou de esperar por uma autorização oficial e decidiu fazer, assim mesmo sem permissão oficial, a homenagem ao cantor Caetano Veloso ( na foto ao lado da Irma Maria Bethania) no carnaval deste ano. “Já falei várias vezes para Caetano que a homenagem do Cortejo afro no carnaval é para ele. Fica evasivo, sem jeito, e claro não reclama. A gente faz assim mesmo. Afinal já fizemos homenagem para Gilberto Gil. Agora é a vez de Caetano”, contou ontem o criador do bloco que se tornou referencia internacional para a folia baiana.

Pitta tomou a decisão depois que retornou da Europa com a turnê “Prelúdio”, no mês passado. Durante duas semanas o “Cortejo Afro” fez apresentações junto com Gilberto Gil e o “Núcleo de Opera da Bahia” em quatro países. As apresentações que foram noticiadas com detalhes pela coluna, passaram por Londres, no Reino Unido; Helsinque, na Finlândia; Basel, na Suíça, e teve uma verdadeira apoteose em Reggio Calabria, na Itália.

Além de Caetano Veloso e Gilberto Gil, o singular “Cortejo Afro” tem intimidade enorme com celebridades internacionais. Surpreendeu o mundo quando convidou a pop star islandesa Björk Guðmundsdóttir, e o artista plástico Matthew Barney, ganhador do “Prêmio Europa” para participar do desfile em 2004, e os dois aceitaram. Melhor foi a supermodelo britânica Noemi Campbell que veio ao Brasil convidada sob patrocínio para desfilar em outro bloco afro de Salvador, mas enlouqueceu quando viu o “Cortejo Afro”. Trocou de abada sem pestanejar. 

“Veja” descobre orgulho brasileiro na Bahia

A maior e mais influente revista brasileira, a icônica “Veja” faz história no país e no mundo fustigando principalmente as coisas erradas e os absurdos que acontecem. Mas nesta terça feira conta e premia o lado bem feito do que existe no Brasil, escolhendo um assunto da Bahia. É o projeto “Adapta Sertão”, espécie de conto de fadas regado a tecnologia de ponta, que disputa logo mais à noite, no “Teatro Santander” de São Paulo, o inédito “Premio Veja-se”, criado para descobrir motivo de orgulho e inspiração.

São três projetos selecionados por voto na rede digital para se submeter agora ao júri de notáveis que faz a premiação. O projeto baiano, na região do Rio Jacuipe e concentrado em Pintadas, é o delírio do engenheiro ambiental italiano Daniele Cesano. Estudou no “Politecnico Di Torino” da Itália, fez mestrado e doutorado no sofisticado “Royal Institute of Technology” da Suécia, e ainda pesquisa aplicada Columbia University, Nova York, objeto de desejo dos nerds mais poderosos do mundo.

Daniele Cesano disputa o prêmio  com geógrafa Ane Alencar e com o empresário Roberto Nogueira. O resultado é anunciado pela atriz Fernanda Torres, a mestre de cerimônia da noite. Vale lembrar que embora o “ Premio Veja-Se” esteja em primeira edição, a poderosa holding editorial “Grupo Abril” já comanda outros eventos de fama mundial, como a mostra de decoração “Casa Cor”, instalada em seis países.

O ho-ho-ho chique e achocolatado do Jet set

A choccolatier e produtora de moda Mirian Antas faz da temporada de Natal uma verdadeira praga de delicias cheias de estilos e sutilezas. Ela é dona da marca “Sabor de Chocolate” e costuma, num piscar de olhos, fazer a diferença em festas concorridas, como as da poderosa holding de shopping Center “Enashopp” ou da internacional “Braskem”, sem falar nas academias de ginástica. Os conhecidos panetones trufados e recheados, são acompanhados agora novidades como ganache de frutas vermelhas e  medalhinhas decoradas com frutas secas. Tem até árvores de chocolate recheadas.

Ivete diz que vai para a festa portuguesa, com certeza

Ivete Sangalo conta há um bom tempo que vai porque vai cantar mais uma vez no gigante festival “Rock In Rio Lisboa”. O eventoa contece em junho, em Portugal e o que intriga é que a mídia do país em peso só fala em três outras atrações já confirmadas. O maior rebuliço é com a banda “Muse”, orgulho do Reino Unido na área do rock alternativo, ganhando inclusive cinco vezes o prestigiado cinco “MTV Europe Music Awards”.  As outras novidades confirmadas são o havaiano Bruno Mars que segue uma tradição familiar do pop, e inclui o rap, além da banda The Killers como seu irado pós- punk de Las Vegas. 

Shopping de Minas sem parceria com varejo baiano

O baiano “Shopping Paralela”, de Salvador, e o pólo varejista “Minas Shopping”, de Belo Horizonte, não fazem mais parte da mesma família. Ou seja, não estão no mercado sob comando do gigante “BRMALLS” considerada a maior empresa integrada de shopping centers da América Latina. É também a única companhia no ramo varejista com presença nas cinco regiões do Brasil. Mais quem saiu foram os mineiros, a “BRMALL” anunciou no final de semana que vendeu por R$ 11,2 milhões, a sua participação no “’Minas Shopping”, segundo informou a revista “Exame”.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas