Explosão em NY foi 'tentativa de ataque terrorista', diz prefeito

Polícia prendeu um suspeito de 27 anos que vestia um colete de explosivos; quatro pessoas ficaram feridas


Tribuna da Bahia, Salvador
11/12/2017 12:27 | Atualizado há 1 dia, 21 horas e 49 minutos

   
Foto: Reuters

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, afirmou há pouco que a explosão na região da Times Square, ocorrida na manhã desta segunda-feira, foi uma "tentativa de ataque terrorista". A explosão deixou quatro pessoas feridas, nenhuma delas com risco de morte.

Em coletiva de imprensa, de Blasio disse que, no momento, não há ameaças à cidade de Nova York. "Esse é o lugar mais resistente no planeta. Os terroristas não vão vencer", afirmou.

O suspeito de ter provocado a explosão é Akayed Ullah, de 27 anos. Ele foi preso e levado ao hospital Bellevue, localizado a cerca de meia hora do local do incidente. De acordo com o comissário dos bombeiros, Daniel A. Nigro, Ullah usou um dispositivo semelhante a uma bomba tubo, preso no corpo por velcro e zíper. 

Questionado sobre se Ullah teria ligação com o Estado Islâmico, o comissário da polícia de Nova York, James O'Neill, preferiu não comentar. 

Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL