Os portos profundos da Baía de Todos os Santos

Adary Oliveira


Tribuna da Bahia, Salvador
25/04/2018 11:48

   

Contam que certa feita, no Palácio Rio Branco, o então governador Luiz Viana Filho teria exclamado para amigos ao notar a aproximação de um jovem economista: “Lá vem aquele chato novamente falar sobre implantação de um polo petroquímico!”. O economista chamava-se Rômulo Almeida e, anos depois, a força de sua ideia fez o governador mudar de opinião e abraçar o projeto do Polo, no que foi seguido por todos os governadores que o sucederam. No próximo dia 28/06 o Polo Industrial de Camaçari estará completando 40 anos de funcionamento, com quase uma centena de unidades de transformação industrial em pleno funcionamento.

O arquiteto Lourenço Prado Valadares está se transformando no protagonista da revolucionária ideia de dotar a Baía de Todos os Santos (BTS) de portos profundos e naturalmente abrigados. O auditório da Associação Comercial da Bahia (ACB), nesta quinta-feira (19/04), ficou pequeno para a atenta plateia de empresários durante sua exposição sobre a viabilidade dos portos profundos, sua segunda conferência na ACB sobre o assunto. A primeira foi sobre o projeto Porto Travessia, com traçado que se inicia em Paripe e termina em um túnel subterrâneo no centro da Ilha de Itaparica, englobando a construção de ponte baixa, túnel submarino, porto offshore, rodovia, ferrovia e outros portos menores. Tudo isso na lindíssima BTS, conhecida internacionalmente como Capital da Amazônia Azul.

A Secretaria dos Portos da Presidência da República (SEP/PR) concedeu ao escritório Prado Valadares anuência para desenvolver os estudos. A ACB, da mesma forma que apoiou a implantação do Polo Petroquímico de Camaçari quando era penas uma ideia em poucos papeis, está apoiando o projeto e sugerindo ao Governo do Estado e Prefeituras Municipais da região que façam o mesmo. Esses apoios são fundamentais para que seja realizado o necessário chamamento público para abertura de Procedimento de Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada (PMI). Isso permitiria, também, que a SEP/PR incluísse a Bahia no Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP).

Os exemplos de portos de transbordo bem-sucedidos, como os de Cingapura e Veneza, foram citados por Lourenço, ressaltando o alto potencial tecnológico e logístico a custos reduzidos. O objetivo principal é o de recolocar a BTS como a principal zona portuária do Oceano Atlântico Sul, posição que perdera com a abertura dos canais de Suez e Panamá e a invenção da máquina a vapor. O potencial de desenvolvimento da região seria difícil de ser medido.

Não se pode ficar assistindo parte substancial de nossa produção ser levada a portos distantes, como acontece com o escoamento dos grãos e do algodão cultivados no oeste do estado por portos do Paraná; com os granitos, rochas ornamentais e celulose manufaturados no sul e transportados para embarque nos portos do Espirito Santos; e com as frutas plantadas nas áreas irrigadas do Rio São Francisco serem levados aos portos do Ceará, por insuficiência da infraestrutura para movimentação de cargas na Bahia.

A palestra foi enriquecida com informações detalhadas sobre a frota de navios oceânicos que hoje singram os mares, a tendência dos projetos modernos das instalações portuárias no recebimento e transbordo de cargas, o aumento da navegação de cabotagem, a influência sobre a atratividade de cargas e de investimentos industriais, enfim, a contribuição esperada na promoção do desenvolvimento regional. Na ACB foi muito bem apreciada a presença do atual presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale. Ele, além de participar dos debates, convidou o conferencista a visitar a autoridade portuária do estado para ter reunião de debates com o pessoal técnico. A BTS além de bela constitui-se numa das maiores riquezas da terra dos orixás, tesouro que não pode ser desprezado.

Adary Oliveira é presidente da Associação Comercial da Bahia

Compartilhe       

 





 

Mais de

 


COLUNISTAS | 23/04/2018 08:26 - Há 2 dias, 21 horas e 55 minutos

Antonio Pessoa Cardoso

As mordomias dos ex-presidentes


COLUNISTAS | 21/04/2018 08:43 - Há 4 dias, 21 horas e 38 minutos

Luis Eduardo Magalhães Filho

Um exemplo de homem, pai, cidadão e ser humano






COLUNISTAS | 16/04/2018 13:57 - Há 9 dias, 16 horas e 25 minutos

Luis Guilherme Pontes Tavares *

Seja feita a vossa vontade


COLUNISTAS | 16/04/2018 08:06 - Há 9 dias, 22 horas e 16 minutos

Adherbal Uzêda

Moralidade, eis a questão