Corpo de jornalista é achado em edifício na Av. Tancredo Neves

De acordo com os colegas, ela havia saído para comprar um remédio, mas não retornou ao trabalho


Tribuna da Bahia, Salvador
14/11/2017 13:30 | Atualizado há 7 dias, 11 horas e 15 minutos

   
Foto: Reprodução

A jornalista Daniela Bispo, de 28 anos, foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (14) no Edifício Catabas Empresarial, na Avenida Tancredo Neves, em Salvador. Segundo informações de colegas de trabalho, ela estava desaparecida desde às 19h da última segunda-feira (13). Daniela era formada em jornalismo pela Unijorge, e trabalhava na empresa Call Tecnologia, que presta serviços de call center no primeiro andar do prédio. Ainda de acordo com os colegas, ela havia saído para comprar um remédio, mas não retornou ao trabalho.

A polícia encontrou o corpo da jovem com vestígios de sangue na escada do 5º andar do prédio, o que indica que houve luta corporal. A perícia realizada no local apontou que há uma marca de objeto perfurocortante na cabeça. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Com informações do Metro 1. 


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas