Fiéis poderão amarrar fitinhas no andor de Senhor do Bonfim

O andor será conduzido por fiéis durante a caminhada religiosa, dia 11 de janeiro, da Basílica da Conceição da Praia, no Comércio, até a colina sagrada, no Bonfim


Tribuna da Bahia, Salvador
02/12/2017 14:00 | Atualizado há 10 dias, 20 horas e 17 minutos

   
Foto: Divulgação

Por Jordânia Freitas

Falta pouco mais de um mês para uma das manifestações religiosas mais famosas da Bahia, a festa do Senhor do Bonfim. A procissão e a tradicional lavagem do adro e escadarias da basílica acontecem no dia 11 de janeiro.  O anúncio foi feito na manhã de ontem, durante coletiva de imprensa, na sede do Projeto Bom Samaritano, no Largo do Bonfim, em Salvador. 

Uma das novidades deste ano é que os devotos poderão amarrar as tradicionais fitinhas do Bonfim no andor do santo, que estará disponível na basílica dedicada a ele a partir do dia 29 de dezembro, última sexta-feira do ano. O andor será conduzido por fiéis durante a caminhada religiosa, que parte da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, até a colina sagrada, no Bonfim.

Para o padre Edson Menezes Silva, reitor da Basílica Santuário Senhor do Bonfim, a amarração das fitinhas no andor não substitui a realização do ato na grade da igreja, mas é uma maneira de valorizar e reconhecer essa expressão de fé.

“Alarga a possibilidade dos fiéis expressarem a sua fé. É uma forma de valorizar essa expressão da religiosidade e da piedade popular de nosso povo que, espontaneamente, tomou essa iniciativa de fazer esse gesto tão simples, mas tão significativo, dando três nós e fazendo seus três pedidos”, disse o padre.

Quem quiser repor as energias no dia da Lavagem vai poder contar com uma praça de alimentação, com food trucks, serviço de bebidas, segurança e música. O espaço batizado de Parada Obrigatória será instalado no Centro Comunitário Senhor do Bonfim, na Colina Sagrada, com funcionamento das 8h30 às 18h.

Além disso, a igreja também está comercializando kits compostos por camiseta, boné e uma garrafa com água  a ser abençoada na chegada à Colina Sagrada. O material pode ser adquirido na sede do projeto Bom Samaritano, obra social da basílica do Bonfim. Toda a renda com arrecadada na praça de alimentação e com a venda do kit oficial será revertida para ações do Bom Samaritano.

Programação

Como o tema “Origem, identidade e missão do amado Jesus, Senhor do Bonfim”, a festa de 2018 começa antes da famosa lavagem do dia 11 de janeiro. A programação tem início dia 4  com a novena que se estende até o dia 13, sempre às 19h.

Cortejos culturais com a participação de  ternos de reis e outros grupos vão se apresentar após a novena, na Praça do Bonfim, em frente à igreja, nos dias 6,7,12 e 13 de janeiro.

Para a igreja, o ponto alto da festa é 14 de janeiro, um domingo, quando o arcebispo primaz do Brasil, D.Murilo Krieger preside missa solene, às 10h. Neste mesmo dia, às 16h, acontece a Procissão dos Três Pedidos, com saída da igreja dos Mares.        


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas