Futebol do Nordeste mais forte para as competições

A Juazeirense do interior subiu da Série D vai disputar pela primeira vez a Série C, a 3ª Divisão do Brasileiro no próximo ano


Tribuna da Bahia, Salvador
05/12/2017 13:15 | Atualizado há 7 dias, 20 horas e 59 minutos

   
Foto: Reprodução/Agência CH/Carlos Humberto

Pela primeira vez, desde que o Campeonato Brasileiro da CBF é disputado por pontos corridos, à região nordeste terá 16 clubes espalhados nas Séries A, B e C em 2018, o que representa 26,7% do total dos participantes. No próximo ano a Região Nordeste terá quatro clubes na Série A, Bahia, Vitória, Sport e Ceará; são quatro na Série B e oito times na Série C do Brasileiro do próximo ano.

Com as permanências do Vitória e do Sport na Série A do Campeonato Brasileiro garantiram ao futebol nordeste sua maior participação na história da elite do futebol brasileiro. Em 2018, a região terá quatro representantes na principal divisão do certame nacional. Bahia, Ceará, Sport e Vitória vão medir forças contra onze representantes da região sudeste e cinco times do sul. A região só conseguiu reunir três times na primeira divisão do Campeonato Brasileiro em oito edições, que foram nos anos 2003, de 2007 a 2009, de 2012 a 2014, e 2017.

Além do recorde na Série A, a participação de clubes nordestinos nas outras divisões também chama atenção. CSA de Alagoas, Fortaleza do Ceará e Sampaio Corrêa do Maranhão conquistaram o acesso e vão se juntar ao CRB de Alagoas na Série B de 2018. Enquanto que o time do interior baiano, Juazeirense e o Globo do Rio Grande do Norte, que subiram de divisão, vão se juntar a Botafogo da Paraíba, Confiança de Sergipe, e Salgueiro de Pernambuco na Série C. Os cinco clubes ainda terão a companhia de ABC-RN, Náutico e Santa Cruz que foram rebaixados da segundona.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas