Téo Senna diz que não há definição sobre saída do PHS

Há nos bastidores a informação de que a legenda estaria querendo se chegar para o lado do governador Rui Costa até a eleição de 2018


Tribuna da Bahia, Salvador
07/12/2017 09:46 | Atualizado há 6 dias, 30 minutos

   
Foto: Reprodução

Por Romulo Faro

Em meio às especulações sobre uma possível mudança de rumo do PHS, o líder do partido na Câmara de Salvador, vereador Téo Senna, disse à Tribuna que ainda não há nada definido sobre sua saída da legenda nem sobre um possível rompimento da bancada com o prefeito ACM Neto (DEM). Téo afirmou que ainda não conversou com o novo presidente do PHS na Bahia, o ex-deputado federal Edson Pimenta. Há nos bastidores a informação de que a legenda estaria querendo se chegar para o lado do governador Rui Costa até a eleição de 2018, na qual ACM Neto deve disputar o governo da Bahia.

“Estamos aguardando o desenrolar das coisas para ver o que vamos fazer. O presidente anterior criou uma situação difícil e queria me tirar da liderança do partido na Câmara. Vamos conversar ainda com o novo presidente, vamos ver o que a gente pode fazer de modo que fique melhor para todo mundo”. O vereador pondera que não está disposto a abri mão da liderança da bancada da legenda, que é representada por quatro parlamentares no Legislativo soteropolitano. Sobre a possibilidade de ele deixar o PHS, Téo Senna ponderou que não haverá janela partidária para vereadores no próximo ano, porque as eleições serão presidencial e estadual. Se ele sair sem um motivo comprovadamente justo a legenda pode reivindicar seu mandato à Justiça Eleitoral. 

O líder do PHS demonstrou não acreditar muito na possibilidade de o partido aderir à candidatura de Rui no próximo ano. “Existiu essa conversa, mas até agora a gente não viu nada disso de fato, uma coisa relativamente concreta. Temos quatro vereadores, somos a segunda maior bancada da Câmara Municipal e fomos eleitos há um ano defendendo a política de Neto, defendendo o projeto de Neto”. Téo reforçou sua defesa e seu esforço pelo governo municipal. “Estamos sempre tentando encaminhar as coisas no sentido de aprovar as coisas do prefeito. Nossa bancada é nova, mas muito participativa, e tem ajudado o prefeito.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas