Tempestade deixa 133 mortos nas Filipinas

Tormenta provocou inundações e desmoronamento de terra; 12 mil pessoas ficaram desabrigadas


Tribuna da Bahia, Salvador
23/12/2017 08:04 | Atualizado há 25 dias, 22 horas e 54 minutos

   
Foto: Froillan Gallardo

Uma tempestade tropical provocou enxurradas e deslizamentos de terra no sul das Filipinas, deixando pelo menos 133 mortos e 58 desaparecidos, disseram autoridades neste sábado. Romina Marasigan, da agência governamental de resposta a desastres, disse que as províncias de Lanao del Norte e Lanao del Sur, e a península Zamboanga foram as áreas mais atingidas. Segundo Marasigan, autoridades estão obtendo mais detalhes para confirmar o número de mortos. 

O prefeito de Sibuco, na província de Zamboanga del Norte, Bong Edding, disse que equipes de busca e resgate estão procurando mais de 30 pessoas que foram levadas por uma enxurrada na vila de pescadores de Anungan. Até agora, cinco corpos foram resgatados no local. "As águas das montanhas desceram tão rapidamente e levaram pessoas e casas", disse Edding. O prefeito responsabilizou a exploração madeireira nas montanhas próximas a Anungan pela tragédia e disse que vai, junto com outras autoridades, tomar providências para interromper essas operações

As outras mortes foram reportadas em Lanao del Norte, onde uma enxurrada também levou casas e pessoas, e em Lanao del Sur, segundo a polícia e outras autoridades. 

Milhares de pessoas foram para abrigos de emergência e outras milhares estavam em aeroportos e portos marítimos, já que a guarda costeira proibiu a saída de balsas e vários voos foram cancelados. Uma balsa que fazia uma travessia entre ilhas afundou perto da província de Quezon na quinta-feira, após ser atingida por fortes ondas e ventos, deixando pelo menos cinco mortos.

A tempestade tropical Tembin, conhecida localmente como Vinta, tinha ventos sustentados de até 80 quilômetros por hora. A tempestade deve se deslocar das Filipinas no domingo em direção ao Mar do Sul da China, se aproximando do Vietnã.

"É lamentável que outro ciclone tropical, Vinta, tenha atingido o país tão perto do Natal", disse o porta-voz da Presidência, Harry Roque Jr., acrescentando que alimentos estavam sendo distribuídos nas comunidades atingidas. 

Ainda esta semana, uma tempestade tropical deixou mais de 50 mortos e 30 desaparecidos na região central das Filipinas, além de causar danos em mais de 10 mil residências. Fonte: Associated Press.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas