Trump volta a criticar o governo do Irã e a elogiar protestos no país

No dia 31, Trump qualificou o país como "o patrocinador número um do terrorismo"


Tribuna da Bahia, Salvador
02/01/2018 09:54 | Atualizado há 15 dias, 21 horas e 2 minutos

   

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou o Twitter na manhã desta terça-feira (2) para novamente criticar o governo do Irã, que enfrenta uma onda de protestos nos últimos dias. Ontem, Trump havia feito o mesmo e também lembrou o acordo nuclear fechado entre Teerã e algumas potências mundiais, entre elas os EUA sob o governo do presidente Barack Obama - Trump tem ameaçado recuar desse acordo.

"O povo do Irã finalmente age contra o regime brutal e a corrupção iranianos. Todo dinheiro que o presidente Obama tão tolamente deu a eles foi para o terrorismo e para os "bolsos" [das autoridades] deles", afirmou Trump hoje. "O povo tem pouca comida, alta inflação e nenhum direito humano. Os EUA estão de olho!".

Ontem, Trump escreveu que o Irã "fracassa em todos os níveis apesar do terrível acordo feito pela administração Obama". No dia 31, Trump qualificou o país como "o patrocinador número um do terrorismo" e criticou a intervenção na internet, para que "manifestantes pacíficos não possam se comunicar".

O governo iraniano já confirmou pelo menos 20 mortes nos protestos iniciados na última quinta-feira, segundo a imprensa estatal, e centenas de pessoas foram detidas. 

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas