Dívida de R$ 200 milhões: Bahia consegue equilibrar orçamento 2018

Goleiro Douglas foi apresentado esta semana no CT do Fazendão, como o 7º jogador contratado pelo Bahia na reformulação do time para a temporada


Tribuna da Bahia, Salvador
11/01/2018 09:17 | Atualizado há 6 dias, 21 horas e 29 minutos

   
Foto: Divulgação/Flickr Bahia

O Bahia não é um paraíso financeiro no endividado futebol brasileiro. Acumula dívidas de R$ 200 milhões ao longo dos últimos anos, mas conseguiu um feito importante neste início de ano, na gestão do presidente recém eleito, Guilherme Belintani, que foi equilibrar o orçamento operacional  do clube nesta temporada, que tinha um déficit de R$ 15 milhões, cobertos com as negociações do goleiro Jean, ao São Paulo, e do lateral-esquerdo Juninho Capixaba ao Corinthians. 

O Bahia tem um orçamento inicial para 2018 de R$ 120 milhões, mas agregado a esse valor, pelo menos R$ 7 milhões da venda de jogadores. Para equilibrar as finanças, a direção fez uma série de “cortes” na administração do clube, a começar pela saída do vice-presidente financeiro, Marcelo Barros, e do vice de marketing, Jorge Avancini, que no total, vão reduzir em cerca de R$ 2,8 milhões as despesas operacionais do clube em 2018.

Dentro deste quadro, o presidente já adiantou que as decisões sobre o CT do Fazendão e da Cidade Tricolor, em Dias D’Ávila, estão agendadas para o próximo ano, 2019. Belintani disse que o problema está na sua agenda, mas deixou transparecer que sua proposta inicial é concentrar todas as ações do clube na Cidade Tricolor, que vai exigir um investimento muito grande para sua recuperação do desgaste do tempo em que está parado, e qualificação.

O dirigente não abordou “de frente”, não revelou o estágio das negociações com o Cruzeiro, mas deixou claro que não acredita na possível saída do meia Zé Rafael do CT do Fazendão. O presidente do Bahia disse que não vê no atual estágio do futebol brasileiro, um clube com caixa para tirar Zé Rafael do Tricolor, neste momento. Mas a “rádio corredor” especula que o time mineiro tem apoio de um investir, e que já teria chegado a uma proposta de R$ 9 milhões para levar o jogador para a Toca da Raposa em Belo Horizonte.

O Bahia oficializou esta semana a sua 7ª contratação na temporada, o goleiro Douglas, ex-Corinthians, apresentado no CT do Fazendão. O próximo a ser apresentado deve ser o lateral-esquerdo Mena, que já está em Salvador, mas ainda não assinou contrato. Elton, Nino Paraíba e Rafael Santos já tiveram seus nomes publicados no BID da CBF.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas