Sistema OCEB/SESCOOP/BA promove Fórum para discutir o fortalecimento do agronegócio na região Oeste

Em sua terceira edição, o principal objetivo do Fórum é a integração e a socialização dos cooperados, com vistas ao fortalecimento do segmento


Tribuna da Bahia, Salvador
02/02/2018 11:16 | Atualizado há 17 dias, 17 horas e 37 minutos

   
Foto: Divulgação

A última semana foi agitada para os produtores rurais do oeste baiano. Cerca de 30 (trinta) grandes e médios produtores associados às cooperativas do agronegócio estiveram em Luís Eduardo Magalhães e foram recepcionados pela COOPROESTE e COOPERFARMS, para visitas técnicas às propriedades rurais, parceiros e indústrias e, sobretudo para a realização do Fórum Baiano das Cooperativas do Agronegócio.

Em sua terceira edição (a primeira realizada em Salvador e a segunda em Vitória da Conquista), o principal objetivo do Fórum é a integração e a socialização dos cooperados, com vistas ao fortalecimento do segmento. O evento aborda tendências, inovações, tecnologia e oportunidades de mercado.

A edição de 2018 aconteceu na última semana de janeiro, na sede da Cooperativa Agropecuária do Oeste da Bahia - COOPROESTE, e trouxe como tema central para discussão o Intercooperativismo.

O Cooperativismo foi a chave que abriu as portas do mercado mundial para o agronegócio no oeste baiano, fortalecendo os produtores e o mercado regional e por consequência, a capacidade produtiva, a Intercooperação chega para consolidar de vez a vocação da região e consubstanciar a cadeia produtiva, inter-relacionando matéria prima, beneficiamento, industrialização e comercialização.

A COOPROESTE, aliada ao Sistema Oceb/Sescoop/BA, empregou parte dos seus esforços no segundo semestre de 2017 ao estudo e planejamento para a expansão dos negócios de commodities, insumos e indústria, no intuito de agregar força e competitividade às cooperativas e cooperados, através do intercooperativismo. Visitou diversos países e aprendeu com diferentes experiências e agora socializa de forma ampliada. Estamos iniciando hoje um novo tempo para o agronegócio da região.” Disse Toninho Assunção, diretor executivo da COOPROESTE.

“A implantação efetiva do sistema de intercooperativismo no oeste baiano chega no melhor momento possível, em um ano de previsão de super safra, tendo o poder público como aliado e encontrando os produtores cooperados com a maturidade necessária para levar adiante o processo. A COOPROESTE por sua vez, oferece todo o aporte e suporte para a consolidação do projeto. Parabenizo a toda a diretoria da COOPROESTE na pessoa do Sr. Jorge Tadashi Koyama, que está há anos à frente da cooperativa, mantendo-se alinhado às tendências e inovações do mercado do agronegócio mundial.” Disse o Prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira.

Compartilhe