Palco do Rock: Sons diferentes com a mesma segurança da folia

A cargo da 15ª CIPM, o esquema de Segurança conta com dois Postos Elevados de Observação (PEO) e patrulhas constantes pela área da festa


Tribuna da Bahia, Salvador
12/02/2018 09:50 | Atualizado há 12 dias, 12 horas e 11 minutos

   
Foto: Márcia Santana

Os timbres e acordes podem ser diferentes dos circuitos tradicionais, mas a atenção da SSP com o público do Palco do Rock é a mesma. Nos shows que começaram desde o sábado (10), nenhuma ocorrência foi registrada, só algumas garrafas de vidro foram apreendidas.

A cargo da 15ª CIPM, o esquema de Segurança conta com dois Postos Elevados de Observação (PEO) e patrulhas constantes pela área da festa. "Aqui não tem problema, quem vem aqui quer curtir o som", disse a comerciante Ana Paula Oliveira.

Para o capitão Márcio Gonzaga, responsável pelo policiamento no Palco do Rock, apesar da tranquilidade até agora alguns aspectos tem atenção especial, como os ambulantes e o público que acampa no local. "Como a área não é delimitada pela organização, e não tem como impedir a entrada de objetos, estamos sempre alerta para essa situação", afirmou Gonzaga.

Há 24 anos a frente da organização do evento, Sandra de Cassia lembra que no início houve um estramento com a PM. "Quando começamos teve aquela coisa assim meio de se conhecer melhor", relembra a idealizadora do Palco do Rock. "Mas depois tudo correu bem, e os policiais são nossos grandes parceiros".

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas