Raio Laser - 12/3 - Semana decisiva

A semana parece decisiva para todos que, no grupo do prefeito ACM Neto (DEM), esperam por sua decisão com relação à sucessão estadual


Tribuna da Bahia, Salvador
12/03/2018 08:15 | Atualizado há 12 dias, 12 horas e 47 minutos

   

Semana decisiva 


A semana parece decisiva para todos que, no grupo do prefeito ACM Neto (DEM), esperam por sua decisão com relação à sucessão estadual, expectativa alimentada pelo próprio democrata no momento em que colocou as datas de 15 e 16 de março como marcos para uma eventual definição sobre se será ou não candidato ao governo estadual contra o atual titular da pasta, Rui Costa (PT). Na prática, não dá para esperar muito do lado do prefeito, já que, segundo os comentários que se fazem no Palácio Thomé de Souza, poucos saberão, nesta data, o que fará ele, que pode estender sua decisão final até pelo menos o mês de abril, quando expira o prazo para a desincompatibilização.

Dia e noite

Petistas dizem que, apesar da faca no pescoço representada pela Operação Cartão Vermelho, que pode resultar, inclusive, numa delação do empresário Cacá Daltro, apontado pela Polícia Federal como uma espécie de operador de propinas, Jaques Wagner continua pelo interior do Estado trabalhando como ninguém por sua campanha ao Senado. Dia e Noite.

Filme

A porta aberta das empreiteiras na direção dos negócios do ex-presidente Lula fica cada vez mais evidente por meio de provas como a que o empresário Marcelo Odebrecht passou a fornecer à polícia federal depois que deixou a prisão em Curitiba. A última delas é uma nota fiscal mostrando que a Odebrecht pagou R$ 250 mil de cota de patrocínio para o filme Lula, o filho do Brasil, obra produzida Luis Carlos Barreto.

Posição

Segundo a Folha, tanto o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, quanto o prefeito de Salvador, ACM Neto, que assumiu a presidência nacional do DEM, treinaram num teleprompter na casa do primeiro para pode fazerem seus respectivos discursos na convenção do partido em que foram, respectivamente, anunciados para suas novas posições na legenda.

Contas

O deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) considerou um verdadeiro absurdo que as combalidas contas do Estado permitam que a Universidade Estadual da Bahia patrocine um evento em Salvador esta semana a fim de prestar uma homenagem aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (PT) no valor de mais de R$ 2 milhões. Disse que isso só ocorre porque o governador do Estado é um petista.

Julgamento

Petistas calculam, pelos últimos movimentos dos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que a Corte deve julgar o último embargo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra sua condenação a 12 anos de prisão na Semana Santa, agora no final do mês, razão da pressa em fazer com que o STF decida também sobre o assunto.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual (clicando na capa do jornal que está na home do site). 

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas