Substituições de peças das academias de saúde são feitas em até 24 horas

Segundo a prefeitura, cerca de 50 praças passam diariamente por vistorias da Desal


Tribuna da Bahia, Salvador
13/03/2018 08:49 | Atualizado há 11 dias, 12 horas e 26 minutos

   
Foto: Elias Dantas

Cerca de 50 praças passam, diariamente, por vistorias visuais para viabilizar ações da Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), o que mantém a conservação de equipamentos das academias de saúde e musculação. E quando é verificada qualquer necessidade de substituição, o equipamento danificado é trocado num prazo de até 24 horas. Nos espaços da orla, além da inspeção, as estruturas recebem uma aplicação de resina, que ajuda no combate à ação do salitre.

A Desal adquiriu o know-how para fabricar as peças das academias de saúde instaladas em espaços públicos da cidade, o que já acontece com as peças das academias de musculação. Essa medida, além de impactar na redução de custos com os equipamentos, também facilita a conservação, já que as estruturas estão sempre à disposição do órgão. A estimativa é de que sejam investidos cerca de R$ 25 mil por mês na troca dessas estruturas, seja por desgaste, vandalismo ou roubo.

Para o aperfeiçoamento desses espaços, a Desal pretende instalar pisos emborrachados nessas academias. O benefício chegará primeiro às praças Lord Cochrane, na Federação, e Nossa Senhora Assunção, na Pituba, que devem receber a novidade nos próximos dias. A ideia é fazer com que esses espaços de lazer tenham a capacidade de reunir todos os públicos, desde crianças, que contam com os parques e espaços infantis, até adeptos de atividades físicas.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas