Programa voltado para a rede pública oferece curso de inglês gratuito

O Access foi implementado na capital baiana em 2009, e, por meio da Acbeu, oferece bolsas de estudo para alunos de escolas públicas na faixa etária de 14 a 17 anos


Tribuna da Bahia, Salvador
16/04/2018 12:48 | Atualizado há 4 dias, 4 horas e 40 minutos

   
Foto: Reprodução

Por Rayllanna Lima 

O Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, que também engloba a Bahia, possui uma série de programas a fim de aproximar os baianos dos EUA. Para facilitar o contato com o inglês, um programa voltado para rede pública está sendo ofertado gratuitamente em Salvador, por meio da Acbeu. Trata-se do Access, programa de bolsas financiado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos.

De acordo com ela, o Access foi implementado na capital baiana em 2009, e, por meio da Associação Cultural Brasil-Estados Unidos (Acbeu), oferece bolsas de estudo para alunos de escolas públicas na faixa etária de 14 a 17 anos. O curso intensivo, com dois anos de duração, tem seis horas semanais de aulas, incluindo ainda atividades extracurriculares como clubes de conversação e de teatro, aulas de reforço, palestras e participação em projetos comunitários.

A partir da promoção do conhecimento da língua inglesa, o programa visa viabilizar o acesso dos jovens a melhores oportunidades acadêmicas e profissionais, além de prepará-los para competir no futuro a programas de intercâmbio e estudo nos Estados Unidos.  Mais de 2,3 mil brasileiros já participaram do Access. Em Salvador, por meio do Acbeu, há turmas em andamento no momento.

Detalhes sobre o curso foram disponibilizados pela assessora de imprensa do consulado, Camila David, que visitou a sede da Tribuna da Bahia na última quarta-feira (11), quando foi recebida pelo diretor de Redação Paulo Roberto Sampaio. 

De acordo com ela, outro programa de referência do departamento do estado americano é o Jovens Embaixadores, que leva jovens brasileiros para os EUA, onde poderão passar cerca de três semanas participando de uma série de atividades.

O programa tem como público-alvo alunos de destaque do ensino médio da rede pública com perfil de liderança. Quando retornam do exterior, os Jovens Embaixadores promovem mudanças sociais significativas nas suas comunidades.

Até o momento, mais de 500 estudantes brasileiros participaram do programa. Jovens Embaixadores americanos também vêm ao Brasil;. Em junho deste ano, 33 Jovens Embaixadores dos Estados Unidos virão para Salvador.

Além desses, há ainda o Programa de Intercâmbio Profissional da Iniciativa Jovens Líderes das Américas (YLAI), que leva jovens empreendedores e líderes de 25 a 35 anos para participar de um treinamento de cinco semanas totalmente focado na área de empreendedorismo comercial e social nos Estados Unidos.  

Os empreendedores têm a oportunidade de fazer networking com empresas e organizações em diversas cidades dos EUA, participam de workshops para desenvolver suas habilidades, elaborar e aperfeiçoar seus próprios planos estratégicos e fazem parte do cotidiano de empresas norte-americanas. O programa também oferece suporte aos participantes antes, durante e depois por meio de mentoria e oportunidades de investimento. O Brasil já teve 42 participantes neste projeto.

Dúvidas e demais informações podem ser adquiridas pelo perfil do Consulado EUA RJ no Facebook, pelo site do consulado (https://br.usembassy.gov/pt/embassy-consulates-pt/riodejaneiro), além do site voltado para a área acadêmica, o Education USA Brasil (http://educationusa.org.br/site). Dúvidas sobre visto podem ser sanadas através do e-mail: visario@state.gov.


Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas