Valdemir Santana - Edição do dia 10/5

A baiana Pitty celebra sua revolução do rock com a turma millenials


Tribuna da Bahia, Salvador
10/05/2018 08:29 | Atualizado há 12 dias, 15 horas e 34 minutos

   
Foto: Reprodução

A música brasileira nunca mais foi a mesma depois que a roqueira baiana Pitty Leone (foto) deixou de infernizar as noites do “Calypso”, o inferninho mais irado do Rio Vermelho e se mudou para São Paulo. O efeito da mudança é mostrado para o mundo em grande estilo pelo portal “Vice”, a maior plataforma de conteúdos para a chamada geração “Millenials”. É a turma que nasceu ligadona com a internet e que, se duvidar, colocava chips até nas mamadeiras dos bebezões.

Não é exagero. Pitty Leone comemora esta semana os 15 anos de lançamentos do disco “Admirável Chip Novo”. Vendeu 800 mil cópias e ficou no topo da lista como o disco mais vendido do ano no Brasil,em 2003. Depois disso só o show business nacional, e a mídia internacional deram atenção á artista baiana que, se pisar em Salvador corre o risco de ser confundida com uma gringa de pacote turístico. 

No noticiário local, pelo menos a Boa Terra sempre está atenta ao que a diva roqueira anda preparando. Ontem foi a vez de Pitty marcar espaço com entrevista especial para a equipe da “Vice” no Brasil. E o assunto, é claro, foram os quinze anos do disco. O grupo “Vice Media” surgiu em Nova York há pouco mais de vinte anos como um site de noticias provocativas, e nem sempre politicamente corretas. Caiu no gosto até do mainstream de plantão e hoje atua em mais de trinta países.

Cultura afro-baiana no circuito de foto americano  

A Bahia está no topo de uma interessante afro –mania na cena artsy americana que chama a atenção pelo destaque à produção contemporânea. O começo poderia ser o mega festival “Axé Bahia: The Power of Art in an Afro-Brazilian Metropolis” que aconteceu no ano passado, com exposições e conferencias  a partir do “Fowler Museum”, da Universidade da Califórnia. A coluna acompanhou a programação na época.

A novidade agora é o livro “Axé Bahia” dos editores Patrick Polk, Roberto Conduru e Sabrina Gledhill, lançado no mercado americano no mês  passado, cujo titulo completo é também o mesmo do festival, “Axé Bahia: The Power of Art in an Afro-Brazilian Metropolis", mas nas descrições na Internet não faz um link direto. Entre os trabalhos incluídos está o de fotógrafos como o baiano Adenor Gondim, segundo comentou, dos Estados Unidos, o fotógrafo Scott Barton em postagem ma página do “Instituto Sacatar", nas redes sociais.

High Society se prepara para a cena artsy

Quem participa de um verdadeiro revival de novos projetos na cena artsy de Salvador é a top galerista Claudia Moniz Barreto Ribeiro, sócia da concorrida “MCR Galeria”, de Ondina. Pelo menos a exposição individual de Fátima Tosca,marcada para o dia 24,foi o assunto no elegante grupo de amigas que ela participava no restaurante “Veleiro’ do Yatch Clube da Bahia. Lá estavam entre outras Marta Dione Caloula, Cristina Moniz Barreto Lisboa Martins que é prima da galerista, e Tania Mascarenhas.

O calendário de vernissages da “MCR” é aposta certa para reuniões elegantes do high society. Sem falar que tendo as telas de Fátima Tosca como referencia, nivela o apurado gosto dos colecionados para cima.

Festa elegante para as mães

Festa elegante para as mães

Seja pela tarde, à noite, ou até em brunch no horário de almoço, as festas da badalada multimarcas “Veruschka” da Barra, são sinônimos de reunião para uma ala enorme do society elegante de /salvador. Os sócios Ethel Pikelhaizen Baratz e Suca Baratz repetiram o sucesso ontem com a homenagem para o Dia das Mães. Entre as convidadas a empresária Natal Teixeira Gama e a filha Thaisa Gama que aparecem na foto ao lado de Ethel    

Após evento na Itália, bate papo com o trade no Brasil

Após evento na Itália, bate papo com o trade no Brasil 

O arquiteto e Publisher baiano Pedro Ariel Santana, diretor da marca multinacional “Casa Cor” da holding “Abril S.A.”, sempre é presença de destaque nas delegações brasileiras que participam do “Salão Internacional de Móveis de Milão” da Itália. Retornou ao Brasil depois do evento que aconteceu no mês passado, e está às voltas com uma agenda concorrida, para repassar as novidades do trade de decoração e design no Brasil. Ele foi convidado para abrir o ciclo de palestras da “Associação Brasileira de Designers de Interiores”, ontem em são Paulo, e o sucesso se repetiu. As vagas para assistir ao evento no salão do “Itaú Cinema CasaPark” em São Paulo foram esgotadas de véspera.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas